quinta-feira

BLUSA RASGADA: DÁ PARA CUSTOMIZAR?

Vivemos numa sociedade de consumo, onde as coisas são descartáveis.

Somos incentivados a jogar fora coisas quebradas ou estragadas para substituirmos por novas.

Se por um lado isso é bom, pois faz a economia girar, por outro, podemos nos tornar consumistas em excesso e o pior, gerar muito lixo para o mundo.

Mas em tempos de crise toda economia é bem-vinda.

Nesse contexto, customizar roupas é uma boa opção para renovar o guarda-roupa gastando quase nada e reciclando o velho e evitando que mais lixo se acumule no planeta.

Mas tem coisa que parece que não tem jeito, concorda?

Você acha que dá para "salvar" essa blusa?


Seria um grande desperdício jogar essa blusa no lixo. 

Sim porquê não poderia nem doar nesse estado...concorda?

Se não estivesse rasgada na gola, seria bem mais fácil de customizar...

Mas com esse rasgo...

Para começar, eu costurei a gola com pontos invisíveis, mantendo seu contorno.

Depois eu fiz um acabamento em crochê em toda a volta da gola e mangas.

Mas ainda tinha um furo na altura do peito, do lado esquerdo da blusa e sobre ele eu bordei uma florzinha com a mesma linha usada no crochê.

Achei que uma florzinha só, ficava meio perdida, então eu fiz mais duas para acompanhar.

A linha escolhida foi uma mesclada em tons de laranja, verde e marrom, que deu um belo realce ao amarelinho da blusa.

Você poderá conferir o resultado na foto abaixo:


O que você achou?

Penso que tudo tem um jeito,  basta querer, acreditar, usar a imaginação, criatividade e conhecimento.

Eu fiquei muito feliz com o resultado, mas vou adorar saber sua opinião.

Espero que esse post sirva de inspiração para que você tenha um consumo mais consciente e evite desperdícios desnecessários.

Beijos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário